Ernesto Pires

Compositor e cantor brasileiro, Ernesto Pires nasceu em 1956, no Rio de Janeiro, no Brasil. Convivendo com a arte desde pequeno, aos 7 anos já tocava bateria numa escola de samba carioca. As aulas de guitarra iniciadas aos 12 anos acontecem em Brasília, para onde a família se mudara entretanto. No regresso ao Rio de Janeiro, tocou em todos os bares e salas da metrópole, ganhando algum nome nesse circuito. Já na faculdade, onde cursava Engenharia química, é um dos fundadores de um movimento espontâneo de música popular. A partir daí, não mais parou, cantando nos pagodes do Pé de Salsa, do Nêga Fulô e da Sacopã. Os anos seguintes seriam de uma vida dupla, durante o dia a química, à noite, os bares e teatros, entre o Rio, São Paulo, Belo Horizonte e Salvador. Fixa-se definitivamente no Rio em 1997. É lá que conhece o famoso Bip Bip, de Alfredo Melo, ilustre sambista, onde priva com Paulão 7 Cordas e Henrique Cazes. Torna-se voz constante nas tertúrlias do Bip Bip e uma das personalidades mais relevantes do samba carioca. O primeiro álbum chega às lojas em 2000, pelo selo Rob Digital e incluía composições de alguns escritores sonantes, como Wilson Moreira, Serginho Meriti, Jurandir da Mangueira, Barbeirinho, Bandeira Brasil, entre outros. Além desses trechos, também havia originais, como "Terreiro do Iaiá" que depressa se tornou um lugar-comum nos pagodes cariocas. Em 2005, o músico encetou um ciclo de festas-concertos chamado Botafogo no Samba.
Discografia
2000, Novos Quilombos
Como referenciar: Porto Editora – Ernesto Pires na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-12-05 17:32:10]. Disponível em