espetrógrafo

Um espetrógrafo é um aparelho que permite o registo dos espetros das substâncias em estudo ou a análise de uma luz. O primeiro espetrógrafo foi construído em 1919 pelo físico inglês Francis William Aston. Este cientista realizou a primeira separação de isótopos usando um espetrógrafo de massa.
Um espectrógrafo de massa é um tipo de espetrógrafo que se utiliza para classificar partículas ionizadas, cuja razão carga/massa é diferente, mediante a ação de campos elétricos e magnéticos. Este tipo de espetrógrafo também é utilizado na separação de isótopos de um mesmo elemento químico.
O seu funcionamento baseia-se na utilização de um recipiente sob vácuo e na ligação de um dispositivo de diafragmas, os iões são desviados pela ação de campos elétricos e magnéticos, de tal maneira que todos os iões de igual massa alcançam, apesar da sua velocidade ser diferente, o mesmo lugar sobre uma placa fotográfica recetora.
É possível determinar os isótopos de um elemento químico que surja na Natureza com uma precisão de 10-5%.
A espetroscopia de massas é uma técnica analítica muito importante para a química. No entanto existem grandes espetrógrafos de massas que servem para a preparação, em estado puro, de isótopos. É o caso do urânio-235 necessário para a bomba atómica.
Existe ainda outro tipo de espetrógrafo, denominado espectrógrafo de vazio que é usado para a medição do espetro de radiações ultravioletas. Este possui esta designação uma vez que a medição deve ser realizada no vazio pois o ar absorve os comprimentos de onda menores do que 180 nm (nanómetros).
Como referenciar: espetrógrafo in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-02-27 10:01:59]. Disponível na Internet: