Estádio do Dragão

O Estádio do Dragão, construído muito próximo do antigo Estádio das Antas, já demolido, faz parte de um projeto promovido pelo Futebol Clube do Porto e realizado pelo arquiteto Manuel Salgado. Inclusos neste projeto figuram também, para além do estádio, um centro comercial, um pavilhão multiusos e uma nova área residencial, cumprindo o objetivo de requalificação de toda a área envolvente. Este estádio, considerado pela UEFA de grau A (a mais alta classificação), foi inaugurado a 16 de novembro de 2003 e tem capacidade para 52 000 lugares sentados. Construído para a realização do Euro 2004, foi palco do jogo inaugural deste evento desportivo, disputado entre Portugal e a Grécia no dia 12 de junho, onde a equipa anfitriã foi derrotada por 2-1. Aqui também tiveram lugar os jogos (da fase de grupos) Alemanha - Holanda e Itália - Suécia, a 15 e 18 de junho, respetivamente, e ainda o jogo dos quartos de final entre a República Checa e a Dinamarca, e a meia-final que opôs a Grécia e a República Checa.
Como referenciar: Porto Editora – Estádio do Dragão na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-22 09:12:57]. Disponível em