Eva Braun

Amante de Adolf Hitler, Eva Braun nasceu a 6 de fevereiro de 1912, filha de um mestre-escola bávaro.
Com 22 anos de idade era assistente do fotógrafo Heinrich Hoffman, em Munique. Na primavera de 1932, o dirigente do Partido Nacional-Socialista dirigiu-se ao estúdio de Heinrich Hoffman para tirar fotografias. Ciente das semelhanças físicas entre Eva Braun e a falecida sobrinha de Hitler, Angelika Rambal, por quem o ditador alemão nutria uma paixão, Hoffman decidiu apresentar Eva a Adolf Hitler.
Em meados de 1936 Eva Braun mudou-se para Berlim, onde foi viver com Adolf Hitler. A 27 de fevereiro de 1945 o ditador pediu a Braun que saísse daquela cidade e ficasse instalada em Berghof, para onde ele se dirigiria na Páscoa. Com a situação militar alemã a deteriorar-se, Hitler foi forçado a mudar os seus planos para as férias pascais. Contrariando as ordens recebidas, Eva Braun conseguiu sair de Berghof e chegar à capital.
A 29 de abril de 1945 assinaram a escritura de casamento no "Bunker" da Chancelaria de Berlim, na presença do conservador do Registo Civil, Wagner, e das duas testemunhas Martin Bormann e Joseph Goebbels. Vinte e quatro horas depois, Eva e Hitler decidiram suicidar-se, para não serem capturados pelas tropas aliadas que tinham acabado de invadir a capital alemã.
Como referenciar: Eva Braun in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-14 19:45:59]. Disponível na Internet: