Evans-Pritchard

Antropólogo inglês, Evans-Pritchard nasceu em 1902, em Crowborough (Sussex), Inglaterra. Estudante de B. Malinowski, abandonou os princípios do funcionalismo para se concentrar na demonstração da racionalidade da cultura subjetiva. Defensor da importância da prática etnográfica para a antropologia social (campo onde deixou as suas maiores contribuições académicas), empreendeu diversas expedições ao continente africano, a partir de 1926. Destas expedições, e do trabalho de campo nelas realizado, nomeadamente entre os Azande e os Nuer (Sudão), resultariam um vasto conjunto de estudos e obras de assinalável importância para o desenvolvimento teórico e metodológico da antropologia social do pós-guerra.
Os seus dois primeiros livros (1937, Witchcraft, Oracles and Magic Among the Azande e 1939, The Nuer: Discription of the Modes of Livelihood and Political Institutions of a Nilotic People), alcançaram um reconhecimento imediato e universal constituindo uns dos mais originais e influentes estudos de toda a antropologia ao permitirem responder, pela primeira vez, a determinadas questões fundamentais sobre a organização e funcionamento das sociedades com dados recolhidos no terreno.
Evans-Pritchard foi um autor muito prolífico, assim como um notável professor. Sobre a sua alçada, a Escola de Antropologia Social de Oxford - onde sucedeu a Radcliffe-Brown, em 1946 - produziu algumas das mais destacadas figuras do pensamento antropológico moderno. Evans-Pritchard presidiu o Royal Anthropological Institute entre 1949 e 1951, tendo sido igualmente Presidente da Associação dos Antropólogos Sociais da Commonwealth. Reformado da Universidade de Oxford em 1970, foi armado Cavaleiro da Coroa Britânica em 1971. Viria a falecer em 1973, em Oxford.
Outras obras importantes:
1940, The Political Systems of the Anuak of the Anglo-Egypcian Sudan
1949, The Sanusiof Cyrenaica
1951, Kinship and Marriage Among the Nuer
1951, Social Anthropology
1956, Nuer Religion
1962, Essays in Social Anthropology
1965, The Position of Women in Primitive Societies and Other Essays in Social Anthropology
1965, Theories of Primitive Religion
1967, The Zande Trickster
1971, The Azande: History and Political Institutions
1974, Man and Woman Among the Azande
Como referenciar: Porto Editora – Evans-Pritchard na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-11-29 09:33:10]. Disponível em