fala

Em linguística geral: o termo fala (parole) opõe-se a língua (langue), segundo F. Saussure, constituindo uma das oposições mais célebres da história da linguística moderna. A fala é a realização individual da língua, que é uma entidade social e coletiva. A fala é a manifestação externa, visível da língua, influenciável por fatores fisiológicos, psicológicos, contextuais, ao passo que a língua é um código, regulado por uma gramática. A forma como cada indivíduo atualiza, usa, emprega esse código constitui a fala. Chomsky revisitou a oposição língua/ fala substituindo-a pelo par competência/ performance.

Em fonética e em processamento da fala: este termo designa a sequência fónica resultante da articulação produzida durante a expiração por um falante de uma dada língua. A fala é a dimensão fonética da língua, regulada por leis específicas, opondo-se nestes termos à escrita. A fala possui um nível segmental, constituído por fones, e uma dimensão suprassegmental, que engloba os aspetos prosódicos da língua responsáveis pela sua naturalidade.
Como referenciar: fala in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-20 23:04:54]. Disponível na Internet: