Falconídeos

Família de aves, da ordem dos falconiformes, que é constituída por 58 espécies, cerca de 40 das quais são do género Falco.
São aves de rapina diurnas, com bico forte e adunco que na base é ceroso, na qual se abrem as narinas, e na extremidade da maxila superior um "dente".
Segundo alguns autores, os falcões são completamente diferentes de todas as outras aves de rapina diurnas, de tal maneira que poderiam representar um ramo evolutivo independente, o que levaria à formação de uma ordem à parte, a ordem dos falconiformes, enquanto as outras aves de rapina diurna formariam a ordem dos accipitriformes (à qual pertencem, por exemplo, o milhafre e o gavião). A cabeça dos falconídeos é redonda, os olhos escuros e com arcada supraciliar mal definida. De um modo geral, as asas são estreitas e afiadas e o peito é amplo e profundo, o que revela uma enorme capacidade de voo. Podem conservar-se imóveis no ar, aproveitando as correntes de ar, e assim localizar as suas presas, mas também podem atingir a velocidade de 400 quilómetros por hora.
O tamanho dos falconídeos é muito variável, variando entre o tamanho do falcão-anão-africano (Polihierax semitorguatus) e o falcão peregrino (Falco peregrinus). Os seus sentidos, especialmente a visão, são excecionais.
Uma curiosidade relativa à reprodução, cuja postura varia conforme a espécie entre os 2 e 6 ovos, é que estas aves não constroem ninho e realizam a postura num ninho abandonado por outra ave, no solo ou na sapata de uma cornija.
O seu habitat dispersa-se pela maior parte do Mundo, principalmente nas regiões cerealíferas como acontece na Europa. Só não se encontram falcões na Antártida, no Ártico, na América Central e numa faixa da América do Sul. A sua alimentação tem por base aves como pombos, rolas, estorninhos, tordos, lavercas, codornizes, cucos, pegas, etc, e roedores. A quantidade diária de alimento ingerido é comparável a um pombo selvagem. Nunca caça depois de saciado e enquanto não tiver digerido a carne ingerida.
Como referenciar: Falconídeos in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-11 14:58:46]. Disponível na Internet: