falua

Como os varinos e as fragatas, a falua, que tinha como características ser de pequeno porte e ter duas velas latinas triangulares, era uma embarcação que transportava passageiros entre as duas margens do Tejo, mas que era utilizada, igualmente, no transporte de cargas ligeiras para abastecimentos dos mercados lisboetas. Uma das primeiras referências à falua é de 1729, a propósito de uma viagem real feita entre Aldeagalega (atual Montijo) e Lisboa.

Na peça "Frei Luís de Sousa", de Almeida Garrett, surge, na voz de Madalena, a referência às faluas que navegavam "tão garridas por esse Tejo!", dado que era habitual que estas barcaças se apresentassem com cores muito vivas, decoradas com peças de madeira e com as bordas pintadas de cores fortes, delimitadas por linhas brancas.
Como referenciar: Porto Editora – falua na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-12-03 08:23:13]. Disponível em