Fanny Blankers-Koen

Atleta holandesa, Francisca Elsje Blankers-Koen nasceu a 26 de abril de 1918, em Amesterdão.
Desde adolescente praticou sempre desporto, nomeadamente as modalidades de ténis, natação, ginástica, corridas e patinagem no gelo. Um professor de natação aconselhou-a a optar pelo atletismo para poder ir ao Jogos Olímpicos porque na altura já havia muitos nadadores de qualidade.
Aos 17 anos estreou-se oficialmente em provas de atletismo e apesar de ter tido uma má estreia, na terceira prova em que participou bateu o recorde da Holanda dos 800 metros. Francisca, que ficou conhecida por Fanny, participou pela primeira vez em Jogos Olímpicos em 1936, em Berlim, na Alemanha, quando tinha 18 anos. Ficou em quinto lugar no salto em altura e também em quinto na estafeta de 4X100 metros.
Em 1938 bateu o seu primeiro recorde mundial ao fazer 100 jardas (91,4 metros) em 11 segundos. Nesse mesmo ano, ganhou as medalhas de bronze dos 100 e 200 metros do Campeonato da Europa que teve lugar em Viena na Áustria.
Devido à Segunda Guerra Mundial só pôde voltar a participar em Jogos Olímpicos doze anos depois, quando já tinha 30 anos e era mãe de dois filhos. Nos Jogos Olímpicos de Londres em 1948, Fanny venceu quatro medalhas de ouro, ao ganhar as provas de 80 metros barreiras, 100 metros, 200 metros e a estafeta de 4X100 metros. Ao todo, entre eliminatórias e finais, competiu por onze vezes em oito dias e venceu todas. Fanny era ainda recordista do mundo de salto em altura e em comprimento, mas os regulamentos impediram que participasse em mais provas. Em Londres tornou-se na primeira atleta holandesa a conquistar um título olímpico. Quando regressou a Amesterdão tinha à sua espera uma grande parada, com milhares de pessoas na rua à espera de saudar a campeã olímpica.
Ao longo da sua carreira, que durou cerca de vinte anos, Fanny bateu vinte recordes do mundo em provas de velocidade, barreiras, salto em altura, salto em comprimento e pentatlo. Venceu também cinco títulos europeus.
O seu último título foi conquistado a 7 de agosto de 1955 quando se tornou campeã da Holanda de lançamento de peso. Foi o seu 58.º título nacional.
Em novembro de 1999 foi eleita pela Federação Internacional de Atletismo a melhor atleta feminina do século XX.
Fanny Blankers-Koen morreu a 25 de janeiro de 2004, aos 85 anos, em Hoofddorp, depois de ter passado os últimos anos da sua vida num asilo psiquiátrico por sofrer da doença de Alzheimer.
Como referenciar: Fanny Blankers-Koen in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-16 16:02:51]. Disponível na Internet: