fenocristal

Dá-se a designação de fenocristal aos grandes cristais contidos numa matriz de granulação fina ou vítrea, a que se dá o nome de massa basal ou pasta. As rochas que apresentam fenocristais denominam-se pórfiros.
Os fenocristais têm tamanhos variados, desde um par de centímetros, ou mais, a cristais muito pequenos, disseminados numa massa vítrea. A pasta pode ser formada por material de grão fino ou pode ser afanítica, só visível ao microscópio. A diferença de tamanho entre os fenocristais e as partículas da massa basal é que caracteriza um pórfiro. Esta estrutura ocorre quando uns quantos minerais adquirem um tamanho considerável antes de a massa principal do magma consolidar numa massa de grão uniforme e fino. Muitas das variações estão relacionadas com a ordem em que ocorre a cristalização do magma, à medida que arrefece. Os minerais que cristalizam enquanto a maior parte do magma continua fluido estão livres para realizar o seu crescimento sem influência dos cristais vizinhos, e em geral formam-se cristais perfeitos, denominados euédricos ou idiomorfos. Os cristais que crescem num magma já com muitos minerais têm que acomodar-se aos espaços que permanecem livres. São minerais hipidiomorfos, apresentando forma cristalina imperfeita, e por vezes completamente anédricos.
Como referenciar: fenocristal in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-11-24 21:26:56]. Disponível na Internet: