Fernanda Abreu

Compositora e cantora brasileira, Fernanda Sampaio de Lacerda Abreu nasceu no dia 8 de setembro de 1961, no Rio de Janeiro, no Brasil. Filha de um arquiteto português e de uma bibliotecária carioca, Fernanda Abreu viveu uma infância sem grandes dificuldades, no seio de uma família de classe média-alta. Desde os 8 anos, habituou-se aos saraus de fim de semana, em Teresópolis, no lar de um casal amigo, onde se passava o tempo tocando e cantando o samba. Por recomendação de um ortopedista, a pequena Fernanda foi inscrita, com 9 anos, em aulas de ballet, aprendendo, além da formação básica em dança, os conceitos de disciplina, determinação, concentração, auto-exigência e superação. Nessa época, ela e o irmão participavam frequentemente em festivais escolares de música e grupos corais. O incentivo pelas artes levou-a, com o apoio dos pais, a frequentar cursos de inglês, guitarra e canto. Aos 18 anos, depois de seis meses de aulas, desiste do curso de Arquitetura e ingressa em Sociologia. A um ano de completar a formação nessa área, Fernanda Abreu entrou para o grupo Blitz e desiste da faculdade. É no Blitz que conhece Luiz Stein, com quem casaria em 1983. Cinco anos nos Blitz renderam-lhe três álbuns com bastante êxito, muitos espetáculos e viagens. Em 1986, o projeto Blitz dissolve-se, acabando um dos coletivos mais relevantes da pop brasileira dos anos oitenta. O próximo passo seria uma carreira a solo. Fernanda Abreu voltou a estudar guitarra e começou aulas de canto. Em 1989, quando já tinha algumas composições prontas para um disco a solo, Fernanda reencontra Herbert Vianna, líder dos Paralamas do Sucesso, com quem estivera pela última vez três anos antes, em Buenos Aires, numa atuação conjunta dos Blitz e dos Paralamas. Com Vianna, grava a fita demo. Depois de conhecer o técnico de som Evaldo Luna, Fernanda é convidada para algumas atuações no Rio de Janeiro e forma a sua primeira banda de suporte com Fernando Vidal (guitarra), Fábio Fonseca (teclas), Aurélio Dias (baixo) e Bodão (bateria). Era o início definitivo da carreira de Fernanda Abreu.

O disco chegaria às lojas em 1990, produzido por Herbert Vianna e Fábio Fonseca. O registo colheria uma ótima aceitação do público brasileiro e, a esse, seguir-se-iam outras edições que catapultariam o nome de Fernanda Abreu para a primeira linha da moderna música brasileira. Em 2006, Fernanda Abreu criou o seu próprio selo, Garota Sangue Bom. Pouco depois, gravaria o primeiro DVD do seu percurso, a convite do canal televisivo MTV, ainda na companhia dos mesmos músicos que a acompanham desde o início da carreira.

Discografia 1990, Sla Radical Dance Disco Club
1992, Sla 2 Be Sample
1995, Da Lata
1997, Raio X
2000, Entidade Urbana
2004, Na Paz
2006, MTV ao Vivo

Como referenciar: Fernanda Abreu in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-23 03:59:09]. Disponível na Internet: