Fernando Alonso

Piloto de automóveis espanhol, Fernando Alonso Díaz nasceu a 29 de julho de 1981, em Oviedo, nas Astúrias. Filho de um especialista em explosivos para minas e de uma empregada de armazém, Fernando Alonso desde criança mostrou interesse pela competição automóvel.
O pai era um piloto amador de karting e incentivou o filho a participar, com apenas sete anos, numa corrida desta modalidade. Alonso ganhou diversos troféus de karting, o primeiro dos quais no Campeonato Infantil das Astúrias logo no ano de estreia, em 1988.
Chegou a campeão do mundo com quinze anos, contando com a ajuda do pai como mecânico. Em 1999 ganhou um troféu de monolugares da marca Nissan, em Espanha, e como prémio efetuou um teste com um Minardi de Fórmula 1. Acabou por assinar um contrato como piloto de testes desta equipa de F1 para 2000. Nesse ano, abandonou os estudos para se dedicar por inteiro ao desporto automóvel.
Em 2001, ainda na Minardi, estreou-se como piloto oficial de F1, no Grande Prémio da Austrália. As suas boas prestações nessa época levaram a que fosse contratado pela Renault, uma das mais conceituadas equipas do campeonato, para piloto de testes em 2002.
Na temporada de 2003, a Renault promoveu Alonso a piloto principal. No Grande Prémio da Malásia desse ano, a 22 de março, o espanhol tornou-se no mais jovem piloto de sempre a obter a pole position, numa altura em que tinha 21 anos. A 24 de agosto venceu o Grande Prémio da Hungria o que fez com se tornasse no mais jovem piloto de sempre a ganhar uma corrida de Fórmula 1.
Na temporada seguinte, a Renault não conseguiu apresentar um carro tão competitivo, mas Alonso conseguiu ficar no quarto posto do Mundial de 2004.
Em 2005, a Renault apresentou o modelo R25 que permitiu a Alonso regressar às vitórias, num ano em que teve como principal rival o piloto finlandês da McLaren, Kimi Raikkonen.
A 25 de setembro de 2005, no Grande Prémio do Brasil, onde foi terceiro classificado, Fernando Alonso sagrou-se campeão do Mundo de Fórmula 1, o que fez dele o mais jovem campeão de sempre nesta modalidade. Alcançou o título com 24 anos e 59 dias, batendo o anterior recorde de juventude que pertencia ao brasileiro Emerson Fittipaldi, que triunfou com 25 anos em 1972. Alonso foi ainda o primeiro espanhol a conquistar o título mundial de F1, tendo ganho sete provas durante o campeonato.
Ainda antes de se sagrar campeão do mundo, recebera o Prémio Príncipe das Astúrias do Desporto a 6 de setembro de 2005. Entre outras justificações apresentadas pelo júri, foi considerado um exemplo para a juventude.
Como referenciar: Fernando Alonso in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-18 12:19:36]. Disponível na Internet: