Fernando Álvaro Seco

Cartógrafo português de quem se conhecem duas obras: uma carta (mapa "deitado") de Portugal, executada em Roma em 1561. Foi dedicada a Guido Ascânio Sforza, cardeal camareiro da Santa Sé. Houve uma reedição em Antuérpia, em 1585, da qual apenas subsistiram dois exemplares. Hoje em dia há cerca de treze cópias desta carta. A segunda obra é também uma carta de Portugal, que está incluída num atlas da Biblioteca do Escorial, executado entre 1580 e 1585.
Pôs-se a hipótese de Pedro Nunes ter contribuído para a execução destas cartas com cálculos de observação astronómica. No entanto, o facto das cartas terem algumas distorções em relação à topografia real e o de nesta altura a elaboração das cartas em Espanha não ter tantos cuidados (só no fim do século XVI se inventaram instrumentos para fazer este tipo de medições, quando João Batista Lavanha fez o levantamento científico do reino de Aragão) põem de parte esta suposição.
Como referenciar: Fernando Álvaro Seco in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-28 22:29:23]. Disponível na Internet: