Fernando Lopes-Graça

Compositor e ensaísta musical português, nasceu a 17 de dezembro de 1906, em Tomar, e faleceu a 27 de novembro de 1994, em Cascais.
Estudou em Lisboa no Conservatório Nacional. Durante a sua juventude colaborou com as personalidades literárias mais influentes da época, na revista Presença. Após este período, partiu para Paris, onde fez, na Sorbonne, estudos de Musicologia.
Lopes-Graça exerceu intensa atividade como compositor, crítico, pianista, publicista e conferencista. Foi autor de numerosas obras para orquestra e para piano, e ainda de bailados, música coral, ciclos de canções, etc. De orientação nacionalista, procurou aliar a grande tradição da música clássica e orquestral aos elementos rítmicos e melódicos do folclore português, a que aliás dedicou valiosos estudos.
Criou, em 1951, a revista Gazeta Musical. Foi várias vezes galardoado com o Prémio de Composição do Círculo de Cultura Musical.
Como referenciar: Fernando Lopes-Graça in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-19 19:25:28]. Disponível na Internet: