Firefox

Nome atribuído ao browser open source criado pela Mozilla em colaboração com programadores voluntários de todo mundo.
A versão 1.0 do Firefox foi lançada a 9 de novembro de 2004 e em apenas 12 dias alcançou os cinco milhões de downloads. Alegadamente mais rápido e mais seguro do que os seus concorrentes mais populares, como o Netscape ou o Internet Explorer, o Firefox possui, além das características comuns num browser, várias outras funcionalidades, como sejam o bloqueio de popups, a importação de favoritos de outro browser, ou a navegação com recurso a separadores, que permite abrir várias páginas na mesma janela.
Após um conjunto significativo de atualizações que transportou o Firefox para a versão 1.5, em novembro de 2005, a Mozilla optou por lançar, a 24 de outubro de 2006, o Firefox 2 – esta nova versão, com um ar renovado graças a algumas alterações no interface gráfico do utilizador, incluiu várias atualizações ao nível da segurança e do funcionamento em geral, através da implementação de funcionalidades como a correção ortográfica, a possibilidade de restaurar uma sessão de navegação perdida (no caso, por exemplo, de ter sido necessário forçar o fecho do programa), ou ainda a incorporação de um filtro "anti-phishing", uma ferramenta que reforça a segurança face a eventuais tentativas fraudulentas para obter informações confidenciais do utilizador, como passwords, nomes de utilizador, ou dados bancários.

Como referenciar: Firefox in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-18 08:02:11]. Disponível na Internet: