Floresta de vários Romances

Volume destinado a completar o Cancioneiro e Romanceiro Geral Português, onde Teófilo se propõe recolher as "flores dispersas", as "venerandas relíquias" "por onde se mostra que o movimento literário operado em Portugal nos séculos XVI e XVII era análogo ao de Espanha". Na primeira parte, intitulada "Transformações do Romance Popular", defende uma vez mais que o povo português "não tem uma poesia privativamente sua, filha espontânea do seu génio", mas que isso não obsta a que estas relíquias sejam recolhidas. Na segunda parte, transcreve os "Romances com forma literária do século XVI a XVII".
Como referenciar: Porto Editora – Floresta de vários Romances na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-16 21:33:46]. Disponível em