Folhas Soltas

Coletânea de poesias, onde predomina o lirismo depurado e melodioso, que explora o motivo da mulher divina ("Estrela do céu") e os diversos cambiantes do sentimento amoroso ("Olhar", "Adoração", "À lua", "Dúvida", "Ciúme", "Adeus"). Como habitualmente, o sujeito poético une, no mesmo impulso amoroso, o amor pela mulher e o amor a Deus: "Pois não credes em Deus, vendo-o nas flores,/ Na voz, nos lábios de mulher que adora/ Quando um beijo libou dos seus amores!" (de "Psalmo"). O volume inclui, ainda, alguns epigramas satíricos, bem como apreciações críticas à coletânea Flores do Campo, assinadas por Alexandre da Conceição, Luciano Cordeiro, Guiomar Torrezão e Cândido de Figueiredo.
Como referenciar: Folhas Soltas in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-15 05:36:54]. Disponível na Internet: