Francisco Barreto

Governador na Índia e em Moçambique nascido em 1520, em Faro, Algarve, e falecido a 9 de julho de 1573, em Moçambique.
Ao comando de uma pequena frota, partiu para a Índia em 1547 e, mais tarde, em 1552, foi enviado para Cochim a fim de controlar o comércio da pimenta que a guerra impedia de ser embarcada nas naus portuguesas. Em 1555 assumiu o cargo de 18.º governador da Índia, em substituição de D. Pedro Mascarenhas, entretanto falecido. Manteve-se no cargo até 1558, altura em que partiu de regresso ao reino, tendo só chegado a Lisboa três anos depois, devido a contratempos que o fizeram escalar em Moçambique.
Já em Portugal foi nomeado general das galés do reino até 1569, ano em que foi enviado para Moçambique como governador de Monomotapa para conquistar as minas de ouro.
Morreu em Moçambique, mas os seus restos mortais foram mais tarde trasladados para Portugal.
Como referenciar: Francisco Barreto in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-24 12:32:23]. Disponível na Internet: