Francisco Costa (político)

Político português, de nome completo Francisco José Fernandes da Costa, nascido a 19 de abril de 1867, em Foz de Arouce, Lousã, e falecido a 19 de julho de 1925, na Figueira da Foz. Este político republicano tornou-se célebre por ter presidido ao mais rápido governo da história portuguesa. Jurisconsulto e político português, Francisco Costa exerceu advocacia em Coimbra, cidade onde se licenciou. Politicamente começou como militante, ainda na Monarquia, do Partido Republicano Português, tendo depois transitado para os Partidos Evolucionista, Liberal e Nacionalista.
Com o advento da República em 1910, Francisco Costa torna-se governador civil do seu distrito natal, Coimbra. Posteriormente, é adjunto do Procurador Geral da República e depois cônsul-geral no Rio de Janeiro. Foi ainda presidente da Junta de Crédito Público. Ocupou também as pastas ministeriais da Marinha (1912-1913 e novamente em 1915), do Fomento (1916) e do Comércio (1921). Chegou ainda a ser presidente do Ministério (chefe de governo) formado em 15 de janeiro de 1920. No entanto, este governo não chegou ao dia 16 de janeiro, não tendo sequer sido empossado devido a forte contestação popular, evidenciada em manifestações de rua contra a sua constituição. Apesar de ter sido ministro do Comércio no ano seguinte, Francisco da Costa esmoreceu politicamente.
Como referenciar: Francisco Costa (político) in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-11-20 11:08:30]. Disponível na Internet: