Francisco Cunha Leal

Político português, nascido em 1888 e falecido em 1970, foi chefe de Governo na vigência do regime republicano, em 1921-1922. Mais tarde foi ministro das Finanças por três vezes. Em 1921 mudou-se para o Partido Nacionalista, abandonando a ala radical. Entre 1927 e 1930 foi governador do Banco de Angola. Nessa altura tornou-se um opositor de Salazar, pelo que se exilou em Espanha. Trabalhou também no jornalismo. Publicou, entre outros livros, Ditadura, Democracia ou Comunismo (1931).
Como referenciar: Francisco Cunha Leal in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-15 01:57:49]. Disponível na Internet: