Francisco Sá Carneiro

Político e advogado português, nasceu no Porto a 19 de julho de 1934 e morreu em Camarate, Loures, a 4 de dezembro de 1980. Foi um dos fundadores da Cooperativa Cultural Confronto e diretor da Revista dos Tribunais. Foi deputado independente da conhecida Ala Liberal entre 1969 e 1973. Após a Revolução de 25 de abril de 1974, Sá Carneiro foi um dos fundadores do Partido Popular Democrático (PPD), ficando a presidir aos seus destinos. Fez parte do governo provisório entre maio e junho de 1974. Líder do Partido Social-Democrata (PSD), nova designação do PPD, e em conjunto com o Centro Democrático Social (CDS) e o Partido Popular Monárquico (PPM), constituiu, em 1979, a Aliança Democrática (AD), que venceu as eleições intercalares, ascendendo por esse motivo a chefe do governo. Sá Carneiro obteve a maioria absoluta nas eleições legislativas de 1980, vindo a falecer nas vésperas das eleições presidenciais, num desastre de aviação. Este desastre ainda não está esclarecido. Subsistem duas hipóteses: uns defendem a tese de atentado, outros defendem a de acidente. Sá Carneiro publicou, entre outras, as obras Uma Tentativa de Participação Política (1971), Ser ou não Ser Deputado (1973), Por uma Social-Democracia (1975), Autoridade Democrática e Social-Democracia (1975) e Uma Constituição para os Anos 80, Contributo para Um Projeto de Revisão (1979).
Como referenciar: Francisco Sá Carneiro in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-25 04:52:49]. Disponível na Internet: