Frédéric Passy

Economista e advogado arbitral internacional nascido em 1822, em Paris, e falecido em 1912, na mesma cidade. Partilhou o primeiro Prémio Nobel da Paz, atribuído em 1901, com o filantropo suíço Jean-Henri Dunant.
Anticolonialista, foi um dos fundadores e presidente da Liga Internacional para a Paz Permanente (1867) que, em 1889, se tornaria na Sociedade Francesa para a Arbitragem entre Nações. Nesse mesmo ano e em conjunto com Randal Cremer, fundou a União Intraparlamentar.
A atribuição do prémio Nobel deveu-se à sua incessante luta pela paz internacional, por um projeto de desarmamento e por uma política que afirmava os direitos de trabalho e o comércio livre. Por todo o seu empenho em prol do movimento da paz ficou conhecido como o "apóstolo da Paz".
Entre as suas obras destacam-se: Mélanges économiques (1857), La Démocratie et l'instruction (1864), Les Machines et leur influence sur le développement de l'humanité (1866), Réforme de l'Éducation (1871), Histoire du travail (1873), Les causes économiques des guerres (1905), Histoire du mouvement de la Paix (1905), Pour la Paix (1909).
Como referenciar: Frédéric Passy in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-02-20 07:26:54]. Disponível na Internet: