Friedrich Ebert

Presidente alemão nascido em 1871 e falecido em 1925. A sua carreira política começou com a sua eleição para o Reichstag em 1912 e presidente do Partido Social Democrata em 1916. Apoiou a Primeira Guerra Mundial, facto que provocou o seu afastamento da ala da esquerda. Quando o Kayser foi deposto em 1918, Ebert foi nomeado chanceler, formando um Governo provisório de coligação SPD-USPD e transferiu o poder para o Conselho dos Representantes do Povo. Em 1919, o seu partido coligou-se com o Partido do Centro e com os democratas, conhecido como a coligação preto-vermelho-dourada, da qual Ebert era o presidente. Porém, esta coligação veio a perder a maioria em 1920, devido às condições impostas pelo Tratado de Versalhes, havendo uma verdadeira guerra civil com os socialistas revolucionários. Após a Primeira Guerra Mundial, Ebert foi culpabilizado de apoiar uma greve na indústria bélica durante a guerra. Nesta época, a Alemanha viu a sua economia numa grave crise, tendo Hitler tentado um golpe de Estado em Munique.
Como referenciar: Friedrich Ebert in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-01-23 15:49:52]. Disponível na Internet: