frigorífico

Antes de ser inventado o frigorífico, eletrodoméstico indispensável em qualquer lar moderno, o homem conservava os alimentos envolvendo-os em pedras de gelo, tendo também recorrido ao sal para absorver o calor e prolongar o prazo de validade da comida.
William Cullen apresentou, em 1748, na Universidade Glasgow, na Escócia, o primeiro processo de refrigeração artificial, mas a sua descoberta não chegou a ter utilização prática. Assim sendo, foi necessário esperar até ao século XIX para que se efetuassem as primeiras experiências para obter frio através de um sistema artificial. Foram utilizadas máquinas de éter comprimido, uma da autoria do norte-americano Oliver Evans, em 1805, e outra surgida cinquenta anos mais tarde, na Austrália, pela mão de James Harrison. Dentro deste período de tempo, em 1844, nos Estados Unidos da América apareceu uma máquina de refrigeração de ar expandido, inventada por John Gorrie.
Foi um francês, Ferdinand Carré, quem, em 1859, aplicou um sistema onde um líquido volátil, como a amónia, circulava à volta da caixa por ação de um compressor para manter o frio, mas a sua máquina, apesar de ser a primeira a ter aplicação comercial, era pouco prática e não tinha mobilidade. Os mais descontentes foram os proprietários de barcos que queriam transportar alimentos perecíveis. O suíço Raoul Pictet optou, em 1874, pelo bióxido sulfúrico. A máquina inventada por este último serviu para criar, em Londres, a primeira pista de gelo artificial do mundo.
Em 1873, é um alemão, Karl Von Linde, que apresenta a primeira máquina de refrigeração portátil de uso doméstico, enquanto Carré, quatro anos mais tarde, sensível aos problemas da marinha mercante, realizou um sistema destinado a navios, tendo possibilitado a construção do primeiro barco frigorífico. A encomenda tinha sido feita pelo Paraguai, que assim passou a transportar carne congelada da Argentina para o Brasil.
A evolução destas máquinas permitiu, poucos anos depois, substituir e eliminar as caixas de gelo utilizadas tanto nos lares como em restaurantes e que se dividiam em dois compartimentos, um para o gelo e o outro para a comida. Foi lançado em Chicago pela marca Delmer, em 1913, o primeiro frigorífico destinado a uso doméstico e, em 1923, apareceu um Electrolux elétrico, que dois anos depois foi produzido em série, apesar de ser algo perigoso por produzir gases tóxicos. É nesta época também que aparecem os compartimentos para cubos de gelo.
Em 1930, a Electrolux lança o primeiro modelo para embutir nos móveis destinado às pequenas cozinhas dos apartamentos e, nove anos passados, sempre por iniciativa dos norte-americanos, surge o frigorífico antecessor dos aparelhos dos nosso dias, dividido em duas secções. Uma destinada a produtos congelados e outra que os mantinha apenas frios. No entanto, foi preciso esperar pelo final da Segunda Guerra Mundial para que o frigorífico passasse a ser um aparelho fabricado e comercializado em grande escala. A vulgarização deste eletrodoméstico originou graves problemas ecológicos devido à emissão de gases tóxicos para a atmosfera e a partir da década de 70 começaram a surgir no mercado frigoríficos que consumiam menos energia e libertavam menos poluentes.
O frigorífico é hoje em dia um dos eletrodomésticos considerados indispensáveis, pela necessidade de armazenar e conservar os alimentos frescos por mais tempo.
O seu funcionamento consiste em expulsar da cabina o ar quente, mantendo o seu interior bastante fresco, entre 3 ºC e 5 ºC aproximadamente, e no caso do congelador, cerca de -18 ºC. Isto é conseguido através da utilização de um líquido refrigerante - HCFCs (hidroclorofluorcarbonetos) ou HFCs (hidrofluorcarbonetos) - que circula na serpentina. O calor do interior da cabina é absorvido pelo líquido, que evapora, arrefecendo-a. Em seguida, o refrigerante, agora no estado de vapor, é novamente conduzido ao estado líquido por ação do condensador, operação que requer energia, recomeçando o ciclo.
Como referenciar: frigorífico in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-01-27 14:20:08]. Disponível na Internet: