Funafuti


Aspetos Geográficos
Capital do Tuvalu, Funafuti é um atol constituído por mais de 30 ilhas. Estas formam uma faixa de terra no Oceano Pacífico, com entre 20 e 400 metros de largura, ladeando uma grande lagoa. A maior ilha, Fongafale, possui quatro povoações - Alapi, Fakai Fou, Senala e Vaiaku -, sendo a última a que alberga os edifícios oficiais do país. Este facto leva por vezes as pessoas a confundi-la com a capital do país, que é efetivamente Funafuti.
Possui cerca de 4500 habitantes (2005), sendo uma das capitais menos populosas do mundo.
História e Monumentos
O povoamento da área deu-se há cerca de 2000 anos pelos polinésios. A partir do século XVI começaram a existir contactos com povos europeus. Em 1892, as ilhas tornaram-se parte do protetorado britânico conhecido por Ilhas Ellice. Em 1916, o protetorado acabou por ser integrado na colónia das Ilhas Gilbert e Ellice. Em 1974, diferenças étnicas no interior da colónia originaram a separação entre as Ilhas Ellice (atual Tuvalu), constituídas por polinésios, e as Ilhas Gilbert (atual Kiribati), constituídas por micronésios. Em 1978, Tuvalu adquiriu por fim a independência com Funafuti como capital. Embora não se possa dizer que esta capital não tenha monumentos, o seu edifício mais proeminente é, contudo, a Igreja de Tuvalu.

Aspetos Turísticos e Curiosidades
Funafuti possui edifícios governamentais, o Hotel Vaiaku Lagi (o único do país, para além de algumas casas de hóspedes), um centro de telecomunicações, um hospital, a Tansoa Maneapa (a câmara municipal), um único banco comercial, etc. Os edifícios tradicionais são construídos com folhas de palmeira, enquanto os mais recentes já empregam blocos de cimento. Um ponto de interesse de Funafuti é o avião norte-americano que se despenhou na ilha durante a Segunda Guerra Mundial. Possui pouquíssimos táxis (quatro, em 2005) e motos disponíveis para alugar. Dado ser um país remoto, não tem muito turismo.

Economia
A economia do atol e do país está muito dependente da ajuda externa, já que quase não tem recursos naturais. Praticamente os únicos empregos remunerados são os que se relacionam com o governo, sendo que um dos seus principais proventos financeiros é a venda de selos. Possui um aeroporto internacional.
Como referenciar: Funafuti in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-26 17:14:43]. Disponível na Internet: