Fundação Eng. António de Almeida

Instituição privada de utilidade pública, com sede no Porto, reconhecida oficialmente a 5 de maio de 1969. O seu fundador foi o Engenheiro António de Almeida (1891-1968), que instituiu, por testamento, a fundação, destinando-a a fins artísticos, educativos e de caridade. O Conselho de Administração é presidido por Fernando Aguiar-Branco.
A instituição tem desenvolvido uma intensa atividade nos campos da arte e da educação. Desta forma, tem realizado colóquios, conferências, exposições e recitais. O espaço da sua sede proporciona excelentes condições para a realização destes eventos, sendo de destacar o edifício-auditório e a casa jardim. A fundação possui ainda um museu onde estão reunidas as notáveis peças de arte colecionadas pelo fundador. Especialmente digna de relevo é a excecional coleção de numismática, composta por peças de ouro de origem grega, romana, bizantina, francesa e portuguesa.
Esta instituição portuense dedica-se ainda à edição de livros e publicações periódicas em áreas como a literatura, a filosofia, a historiografia e a música.
A fundação instituiu um prémio, denominado Prémio Eng. António de Almeida, que se destina a distinguir anualmente o licenciado que obtenha a classificação mais elevada e sempre igual ou superior a 16 valores das Universidades do Porto, do Minho, de Trás-os-Montes e Alto Douro, de Aveiro, de Coimbra (Faculdade de Letras) e Portucalense.
Como referenciar: Fundação Eng. António de Almeida in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-21 04:20:09]. Disponível na Internet: