Gambetta

Estadista e político, nascido em 1838 e falecido em 1882, é um dos fundadores da Terceira República Francesa.
Filho de um imigrante italiano, opta pela nacionalidade francesa em 1859. Licenciado em direito, torna-se conhecido como brilhante defensor do jornalista republicano Louis Charles Delescluze, em 1868. Apesar de ver o seu cliente condenado à deportação, Gambetta adquire notoriedade, tornando-se o novo orador da esquerda republicana. Nas eleições de 1869 é eleito nas cidades de Paris e de Marselha respetivamente contra Hippolyte Carnot e Adolphe Thiers.
Após a derrota de Sedan, durante a Guerra Franco-Prussiana de 1870-71, surge à frente dos republicanos, pondo fim ao Império de Napoleão III, a 4 de setembro de 1870.
Proclamada a República e organizado o governo de defesa nacional, para iniciar a resistência, Gambetta teve de deixar a cidade de Paris num balão para organizar os exércitos nas províncias. Mais tarde, de 1881 a 1882, torna-se Presidente do Conselho de Ministros.
Como referenciar: Gambetta in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-02-25 06:04:04]. Disponível na Internet: