geada

A geada forma-se em condições análogas à do orvalho, mas a temperaturas negativas. Contudo, a geada não é o orvalho congelado, mas entre a passagem praticamente direta do vapor de água (fase gasosa) à forma de gelo (fase sólida) sobre a vegetação e sobre os objetos que se encontram no solo.
Na sua passagem à forma de gelo, o vapor de água assume formas cristalinas variadas, que se podem apresentar macladas, truncadas, etc., e são consequência dos gradientes de tensão do vapor no decorrer da microcristalização. Da mesma maneira que na formação do orvalho, é necessário que os ventos sejam praticamente nulos e a temperatura suficientemente baixa. Contudo, é de notar que quaisquer que sejam as condições para a formação de geada, a condensação inicial é quase sempre uma fase líquida. O embrião de água assim formado congela mais ou menos rapidamente, e, no mesmo instante, a transformação de vapor em gelo ocorre para uma determinada temperatura negativa, sendo a tensão de vapor saturante muito inferior em relação à água em liquefação à mesma temperatura. Este facto explica a razão por que a geada se pode formar e sobretudo aumentar rapidamente na ausência de um céu limpo, numa atmosfera de nevoeiro de água em liquefação, por evaporação das gotas de nevoeiro a favor dos cristais de gelo existentes na vegetação. As capturas importantes por aumento maciço de água em liquefação fazem aumentar o balanço térmico em função do calor latente de solidificação da água. Nestes casos formam-se depósitos aderentes cobrindo os objetos, em lugar de formações cristalinas, sob a forma de dendrites ou agulhas de fraca aderência.
A mudança de fase água-gelo é facilitada pela presença da água, de temperaturas inferiores a 0 ºC, e de núcleos de congelação ou germes microscópicos que facilitam a formação da fase de gelo.
Segundo a natureza do germe e das suas dimensões iniciais, as propriedades que permitem a congelação dos núcleos de congelação serão mais ou menos eficazes e desencadeiam a formação da fase sólida, gelo, a temperaturas mais ou menos baixas.
Como referenciar: geada in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-03-30 09:55:23]. Disponível na Internet: