Geena Davis

Atriz de cinema, Virginia Elizabeth Davis nasceu a 21 de janeiro de 1956, em Wareham, Massachusetts, Estados Unidos da América. Ainda em criança, revelava o sonho de se tornar artista, participando em diversas peças escolares. Em 1979, concluiu o curso de Arte Dramática na Universidade de Boston e foi viver para Nova Iorque. Os primeiros tempos foram difíceis, obrigando-a a trabalhar como vendedora numa boutique. Aqui foi descoberta por responsáveis duma prestigiada agência de modelos que a contrataram como manequim. Nesta condição, participou em desfiles e em anúncios publicitários. Impressionado pela sua beleza, o realizador Sydney Pollack ofereceu-lhe um pequeno papel em Tootsie (Quando Ele Era Ela, 1982). Interessada em desenvolver esta nova faceta, participa em diversas séries televisivas, entre as quais Family Ties (Quem Sai aos Seus, 1982-90), onde entrou em dois episódios como pouco dotada empregada doméstica da família Keaton. As suas incursões seguintes no cinema não foram tão bem sucedidas: Fletch (Assassínio Por Encomenda, 1985) e Transylvania 6-5000 (1985) foram fracassos, mas durante as rodagens do último apaixonou-se pelo ator Jeff Goldblum com quem viria a casar. Ambos foram convidados por David Cronenberg para protagonizar The Fly (A Mosca, 1986), que se saldou por um sucesso. 1988 veio a ser o ano da sua consagração: depois da participação na comédia Beetlejuice (Os Fantasmas Divertem-se, 1988), venceu o Óscar para Melhor Atriz Secundária pela sua extrovertida tratadora de cães Muriel, em The Accidental Tourist (O Turista Acidental, 1988). Repetiu a nomeação três anos depois, desta vez na categoria de Atriz Principal por Thelma & Louise (Thelma e Louise, 1991), pelo papel duma dona de casa que se farta dos maus tratos do marido e resolve partir à aventura com uma amiga. Como protagonista, participou em filmes como A League of Their Own (Liga de Mulheres, 1992), Hero (Herói Acidental, 1992), Cutthroat Island (A Ilha dos Cabeças Cortadas, 1995) e The Long Kiss Goodnight (A Profissional, 1996), os dois últimos realizados por Renny Harlin com quem contraíra matrimónio em 1993. Após uma curta série televisiva, The Genna Davis Show (2000-01), regressou ao cinema com os filmes infantis Stuart Little (1999) e Stuart Little 2 (2002). Em 2005, Geena Davis voltaria aos pequenos ecrãs, desta vez com a série Commander in Chief, por cujo papel - o de Presidente dos Estados Unidos da América - venceria o Globo de Ouro para Melhor Atriz em Série Dramática.
Como referenciar: Geena Davis in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-17 18:44:05]. Disponível na Internet: