Georg Cantor

Matemático alemão, nasceu em 1845, em São Petersburgo, na Rússia, de pai dinamarquês e mãe russa. A sua contribuição para a Matemática é única, tendo desbravado todo um novo campo de investigação que se revelaria fundamental para o seu desenvolvimento: a teoria dos conjuntos. Provando, em 1873, que os números racionais são numeráveis, isto é, existe uma correspondência biunívoca, 1-1, com o conjunto dos números naturais, provou igualmente que era numerável o conjunto dos números algébricos, números que são raízes de equações polinomiais de coeficientes inteiros. Provou ainda que o mesmo não acontecia com os números reais. Assim, existem conjuntos infinitos numeráveis e com a potência do contínuo. E provou que, para qualquer conjunto, existe um outro conjunto de potência superior. A polémica que se instalou com os trabalhos de Cantor foi intensa.
Faleceu em 1918.
Como referenciar: Porto Editora – Georg Cantor na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-08-03 08:52:57]. Disponível em