George Lazenby

Ator australiano nascido a 5 de setembro de 1939, em Queanbeyan. Em 1964, mudou-se para Londres onde trabalhou como vendedor de carros, entre outras profissões, até que se tornou notado pelo seu porte e beleza. Foi como modelo que se tornou inicialmente conhecido, chegando a ser o mais bem pago da Europa. Fez também anúncios para televisão, pelos quais se transformou em "sex symbol".
Em 1968, quando Sean Connery anunciou que não iria interpretar mais nenhum filme de 007, logo procuraram um novo ator com perfil para encarnar James Bond. Fã de Bond desde criança, Lazenby ficou deslumbrado quando foi escolhido para entrar no filme seguinte da famosa série: On Her Majesty's Secret Service (007 – Ao Serviço de Sua Majestade, 1969). Todavia, acabou por ser o único filme, desta série, que fez devido a conflitos que surgiram nas filmagens, principalmente pelo seu comportamento que dificultava o trabalho da equipa. Apesar de não ter tido sucesso junto do público, para muitos apreciadores da série este foi considerado um dos melhores filmes de James Bond.
Após este filme, Lazenby fez alguns filmes para televisão e alguma publicidade. Passou ainda pelo cinema asiático, participando em diversas películas de artes marciais em Hong-Kong. Voltou ao cinema americano em filmes de série B e nas sequelas do filme Emmanuelle. Contudo, não mais conheceria a luz da ribalta.
Casou em 2002 com a tenista profissional Pam Shriver, tendo dois filhos do seu casamento anterior.
Como referenciar: George Lazenby in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-03-20 09:22:58]. Disponível na Internet: