George Lukács

Filósofo, político e crítico literário húngaro nascido em 1885, em Budapeste, e falecido em 1971. Os seus primeiros trabalhos literários e filosóficos denotam a influência do sociólogo alemão Max Weber e da filosofia neo-kantiana. Em 1918 adere ao Marxismo, tendo exercido o cargo de comissário para a Educação durante o governo de Bela Kun. Em Viena, cidade onde se refugiou após o golpe contrarrevolucionário liderado por Miklós Horthy, escreveu uma das obras mais influentes, História e Consciência de Classe.
Foi também no domínio da estética que este filósofo se notabilizou, defendendo uma perspetiva realista, tal como muitos intelectuais marxistas da sua época, dos quais se destaca Bertolt Brecht. Após a libertação da ocupação nazi foi professor de Estética na Universidade de Budapeste e membro do Parlamento húngaro.
Como referenciar: George Lukács in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-05-27 06:03:36]. Disponível na Internet: