Georges Politzer

Psicólogo e filósofo francês, nasceu em 1903, na Hungria, tendo assumido um papel ativo no combate ao Nazismo. É preso pelos alemães por pertencer à Resistência tendo sido fuzilado em 1942.
Relativamente às várias correntes da psicologia - behaviorismo, psicologia experimental, introspeção - coloca-se numa atitude crítica. Apesar de mais próximo da psicanálise, não aceita alguns dos seus conceitos fundamentais. Na sua opinião a psicologia deveria ser concreta, atuante, encarando o Homem como totalidade, determinado pelas motivações biológicas, económicas e sociais. As suas obras mais importantes são La crise de la psychologie contemporaine e Critique des fondements de la psychologie.
Como referenciar: Georges Politzer in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-22 04:13:46]. Disponível na Internet: