gerador

Designa-se por gerador qualquer máquina que transforma energia mecânica em energia elétrica.
Os geradores podem ser classificados em geradores de corrente contínua, vulgarmente designados por dínamos ou geradores de corrente alternada, vulgarmente conhecidos como alternadores.
O princípio teórico em que se baseia o funcionamento dos geradores é a indução magnética. Esta, não é mais do que a produção de corrente elétrica por ação de um campo magnético originado pelo movimento de um íman em volta de um fio condutor.
Um alternador é constituído por um íman fixo e uma bobina que gira entre os seus polos. A corrente elétrica que é produzida é alternada. São exemplos de alternadores os dínamos das bicicletas e os geradores das centrais elétricas (estações produtoras de energia).
Os dínamos são constituídos por bobinas em movimento no interior de ímanes fixos. Produzem correntes contínuas através de correntes induzidas.
A principal aplicação dos dínamos é nos circuitos elétricos dos automóveis.
Os grandes geradores estão montados nas centrais elétricas, e podem ser movidos por turbinas a vapor, turbinas hidráulicas, motores de combustão interna, moinhos de vento ou por alguma parte móvel de alguma outra máquina.
A finalidade destes geradores é a de produzir a eletricidade que chega às habitações através da rede de transporte e distribuição.
Existe ainda outro tipo de gerador que é o denominado gerador eletrostático. Este consiste num dispositivo utilizado para reconstruir carga elétrica a um potencial muito elevado da ordem dos megavolts. É constituído por um grande terminal metálico montado sobre um suporte oco isolante.
Como referenciar: gerador in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-03-06 02:50:30]. Disponível na Internet: