Gil Eanes

Natural de Lagos e escudeiro do infante D. Henrique, foi Gil Eanes quem, em 1434, e numa segunda tentativa, dobrou o Cabo Bojador, pondo fim a doze anos de esforços e tentativas até aí infrutíferas para ultrapassar este cabo. Tal êxito constituiu o início das descobertas ao longo da costa africana, que a partir daí vão ter um avanço significativo e constante. Gil Eanes prosseguiu na exploração dessa costa, tendo posteriormente atingido Angra dos Ruivos, Arguim e, finalmente, em 1446, a Gâmbia.
Como referenciar: Porto Editora – Gil Eanes na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-07-28 05:37:33]. Disponível em