gimnospérmicas

As gimnospérmicas são um grupo de plantas distribuído por 65 géneros e 720 espécies, o que comparado com as angiospérmicas é um número muito pequeno. As gimnospérmicas estão classificadas em quatro classes atuais: cicadáceas, ginkgoíneas, coníferas e gnetófitas. O nome gimnospérmica, que literalmente significa "semente nua", refere uma das principais características de todas as espécies destas plantas vasculares: os óvulos e sementes encontram-se expostos na superfície dos esporófilos ou de estruturas análogas. As gimnospérmicas devem representar um estádio particular da progressão evolutiva das pteridófitas. Nas gimnospérmicas, a água não é necessária como um meio de transporte para os gâmetas masculinos. O gametófito masculino, parcialmente desenvolvido, o grão de pólen, é transportado para o gametófito feminino por meio do processo da polinização, que em muitos casos é anemógama.
Nas cicadáceas e ginkgoíneas os gametas masculinos são flagelados.
São exemplos de gimnospérmicas os pinheiros (gén. Pinus) de que existem cerca de 90 espécies, a araucária (gén. Araucaria), as sequoias (gén. Sequoia), os larícios (gén. Larix), o mirtilo (gén. Juniperus), a cica (gén. Zamia) e a ginkgo (gén. Ginkgo).
Como referenciar: gimnospérmicas in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-15 03:08:40]. Disponível na Internet: