Artigos de apoio

Glauber Rocha
Realizador brasileiro nascido em 1938. É considerado um dos grandes esteios do chamado "Cinema Novo". Nasceu em Vitória da Conquista no seio de uma família presbiteriana. Com 8 anos, mudou-se para Salvador da Baía. Aluno sobredotado, escreveu com apenas 9 anos a peça teatral El Hijito de Oro. O seu amor pelo cinema nasceu quando participou em 1951 num programa de rádio sobre a Sétima Arte. Com apenas 17 anos, funda um grupo de dramatização poética. Em 1956, entrou para o mundo do cinema, colaborando na curta-metragem Um Dia na Rampa. Dois anos depois, começa a trabalhar como repórter no Jornal da Bahia. Assinou o seu primeiro trabalho de realização em 1959 com Pátio, a que se seguiu Barravento (1962), premiado num festival de cinema da Checoslováquia. O seu primeiro filme com forte repercussão internacional foi Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964) exibido no Festival de Cannes. Perseguido pela ditadura militar pelas suas convicções esquerdistas, foi preso em 1965, o que motivou o protesto de realizadores mediáticos como François Truffaut e Jean-Luc Godard. Depois de libertado, filmou Terra em Transe (1967), com um elenco de luxo onde pontificavam Paulo Autran, José Lewgoy e Paulo Gracindo e que se tornou o símbolo máximo do Cinema Novo Realista brasileiro. A sua exibição foi proibida no país por ser considerado ofensivo à Igreja Católica. Com a sua obra seguinte, O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro (1969), venceu o prémio para melhor realizador no Festival de Cannes. Com o realismo das suas obras, ganhou enorme prestígio a nível internacional. Quando o seu filme A Idade da Terra (1980) não venceu o Leão de Ouro do Festival de Veneza em detrimento de Atlantic City (1980) de Louis Malle, Rocha protagonizou um escândalo, insultando Malle e o júri do Festival. A sua filmografia foi exibida pela primeira vez em Portugal, em agosto de 1981, num ciclo da Cinemateca. Durante o ciclo, foi acometido de broncopneumonia e internado em Lisboa. A seu pedido, foi transferido para o Rio de Janeiro, falecendo logo após chegar ao Brasil.
Como referenciar: Glauber Rocha in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-11-23 13:23:30]. Disponível na Internet: