Glenn Close

Atriz norte-americana, Glenn Close nasceu a 19 de março de 1947, em Greenwich, no estado norte-americano do Connecticut. Durante a sua carreira de atriz, tem dado provas de grande versatilidade, e é hoje uma conceituada estrela de Hollywood. Tendo tirado o curso de Teatro e de Antropologia, Glenn Close esteve ligada aos palcos de Nova Iorque durante vários anos e participou em algumas produções televisivas antes de se estrear no grande ecrã como protagonista do filme The World According to Garp (O Estranho Mundo de Garp, 1982), num papel que se tornou curioso devido ao facto de a atriz ser apenas cinco anos mais velha do que Robin Williams, o ator que desempenhou o papel de seu filho. Por este seu primeiro desempenho cinematográfico, a atriz foi nomeada para o Óscar de Melhor Atriz Secundária. A esta nomeação seguiram-se outras, pelos seus desempenhos, sempre diferentes, nos filmes The Big Chill (Os Amigos de Alex, 1983), do aclamado realizador Lawrence Kasdan, um sucesso fenomenal em que a atriz desempenha o papel de uma yuppie moderna, The Natural (Um Homem Fora de Série, 1984), Fatal Attraction (Atração Fatal, 1987), no papel de uma mulher diabólica ao lado de Michael Douglas, e Dangerous Liaisons (Ligações Perigosas, 1988), outro filme extremamente bem recebido pela crítica e com um elenco de luxo, que contou com as interpretações de John Malkovich, Michelle Pfeiffer ou Keanu Reeves, ainda em início de carreira. Com uma carreira consistente, Glenn Close continuou, na década seguinte, a participar em filmes de renome como Reversal of Fortune (Os Reveses da Fortuna, 1990), em que contracenou com Jeremy Irons, The House of the Spirits (A Casa dos Espíritos,1993), novamente ao lado de Irons e de nomes como os de Meryl Streep e Winona Ryder, Mary Reilly (1996), 101 Dalmatians (Os 101 Dálmatas, 1996), no papel da temível Cruella, e Mars Attacks! (Marte Ataca!, 1996), o filme delirante de Tim Burton. Participa também em Air Force One (Força Aérea Um, 1997), um filme de ação, género pouco habitual na sua carreira, desempenhando o papel da vice-presidente dos EUA, ao lado de Harrison Ford no papel de presidente. Dá a voz a uma personagem do filme de animação Tarzan (1999) e participa no filme Things You Can Tell Just by Looking at Her (2000). Desempenhou novamente o papel de Cruella De Vil na continuação 102 Dalmatians (Os 102 Dálmatas, 2000).
Como referenciar: Glenn Close in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-20 03:53:23]. Disponível na Internet: