Globulariáceas

Família de plantas dicotiledóneas que são agrupadas em dois géneros e 30 espécies. As Globulariáceas são ervas ou arbustos.
As Globulariáceas (Globulariaceae) distribuem-se pelas regiões temperadas e subtropicais, especialmente pela Europa e Ásia ocidentais e pelo norte de África.
As folhas são pequenas, inteiras, alternas ou em roseta e sem estípulas.
A disposição das flores em inflorescências capituliformes rodeadas na base por um invólucro de brácteas verdes é característica das plantas desta família. As flores são hermafroditas, pentâmeras, com cálice gamossépalo e corola gamopétala e irregular. A corola forma, normalmente, um lábio inferior, composto por três pétalas, e um lábio superior mais curto, composto por duas pétalas. Têm estames em número de quatro, didinâmicos. O gineceu inclui um só carpelo. O ovário é súpero unilocular e com um só óvulo.
O fruto é seco do tipo do aquénio que se mantém encerrado no cálice.
As plantas das Globulariáceas têm interesse ornamental, como acontece com as plantas do género Globularia. As plantas deste género têm pouco mais de um metro de altura com numerosos ramos ascendentes. A Globularia vulgaris é uma espécie que se encontra na Península Ibérica em terrenos calcários próximos do litoral. Precisa de climas suaves, mas suporta bem a seca.
Como referenciar: Globulariáceas in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-01-26 09:27:20]. Disponível na Internet: