Gottlob Frege

Filósofo e matemático alemão, Friedrich Ludwig Gottlob Frege nasceu a 8 de novembro de 1848, em Wismar (Alemanha), e faleceu a 26 de julho de 1925, em Bad Kleinen (Alemanha). Estudou nas universidades de Jena e de Göttingen, obtendo por esta última o doutoramento em Matemática (Geometria), em 1873. Lecionou na Universidade de Jena desde 1874 até à data da jubilação, em 1917.
Frege foi um dos fundadores da lógica simbólica moderna, perspetivando a matemática como redutível à lógica. Lecionou todos os ramos da matemática, apesar de ter escrito pouco sobre esse assunto. Por outro lado, os seus trabalhos fundamentais versam a lógica filosófica, a filosofia da matemática e, sobretudo, a filosofia da linguagem.
Conhecido na linguística pela sua teoria do sentido (sinn) e da referência (bedeutung), apresentada na obra Über Sinn und Bedeutung (1892), Frege lança as bases para a distinção descritivista entre sentido e referência, conceitos fundamentais para a semântica e pragmática modernas. O exemplo clássico que apresentou para clarificar essa distinção está contido nas expressões "estrela da manhã" e "estrela da tarde". Tratam-se de expressões linguísticas com significados diferentes, embora se saiba que o seu referente é o mesmo, o planeta Vénus.
Muito influenciado por figuras de topo na filosofia da linguagem, como L. Wittegenstein e B. Russel, Frege tornou-se ele próprio uma referência não só para a filosofia da linguagem em geral, como também para a teoria semântica em particular.
Como referenciar: Gottlob Frege in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-10 02:54:58]. Disponível na Internet: