grilo

Animal invertebrado do filo dos artrópodes da classe dos insetos e da família dos Grilídeos.
Os grilos são insetos saltadores de cor negra, essencialmente sedentários e omnívoros. Vivem em terrenos agrícolas em cavidades por eles perfuradas com as patas anteriores. Incapazes de voar, as asas posteriores ou não existem ou são muito reduzidas. Não se afastam dos seus domínios. A maior parte das espécies de grilos têm atividade crepuscular. Com as asas emitem sons estridulantes característica muito frequente nas noites quentes. De modo geral, os grilos estão adaptados aos habitats mais variados. Conhecem-se grilos de espécies africanas que vivem em grutas e também espécies que se deslocam sobre a água das torrentes. Outras que vivem em ambiente marinho.
O grilo campestre (Gryllus campestris), distingue-se facilmente pela cor amarela da base dos seus élitros. As fêmeas distinguem-se dos machos pela cor que é acastanhada, e a base dos élitros não é amarela. Os machos apresentam dois apêndices na zona terminal do corpo e as fêmeas três apêndices.
As fêmeas põem, um número elevado de ovos, na terra no fim da primavera. As larvas dos grilos campestres fazem cerca de um dúzia de mudas para atingir o estado adulto.
Como referenciar: grilo in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-05-09 03:08:32]. Disponível na Internet: