Guilherme I da Prússia

Guilherme I (1797-1888), filho de Frederico Guilherme III, falecido em Berlim. Foi rei da Prússia (1861-1888) e imperador da Alemanha (1871-1888). Fez parte dos últimas campanhas contra Napoleão (1814-1815). Defendia o absolutismo monárquico, tendo um papel relevante na repressão dos movimentos liberais que assolaram a Alemanha nesta época (1848-1849). Em março de 1848 vê-se obrigado a refugiar-se em Inglaterra devido à Revolução de Berlim. Um ano depois volta e chefia as tropas que, na Baviera, instauram a ordem alterada pelos liberais. É nomeado regente da Prússia depois do seu irmão (Frederico Guilherme IV) ter enlouquecido (1858), e sucede-lhe como rei após a sua morte (1861). Um ano depois, aumenta o exército e Bismarck, dando início à política militarista da Prússia, lança-se na Guerra dos Ducados (1864-1865), seguindo-se a guerra contra a Áustria, que será vencida em Sadowa (1866). Desencadeia-se a guerra Franco-Prussiana (1870-1871) que levará à sua coroação como imperador da Alemanha em 18 de janeiro de 1871, em Versalhes. Manteve-se no poder até à morte ainda que não concordasse com a Kulturkampf e com a política estrangeira de Bismarck.
Como referenciar: Porto Editora – Guilherme I da Prússia na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-26 05:57:08]. Disponível em