Há Uma Luz que se Apaga

O primeiro ato apresenta uma cena de conflito familiar quando Judith anuncia que pretende sair de casa, acusando a vida devassa da mãe e alheada da realidade do pai, um cientista conceituado. A descoberta de que a mãe, Mariana, estava condenada à morte com um cancro reúne e redime a família no seu sofrimento.
Como referenciar: Há Uma Luz que se Apaga in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-21 14:03:34]. Disponível na Internet: