Helmut Kohl

Nasceu em 1930, em Ludwigshafen am Rhein, na Alemanha. O seu interesse pela política começou a notar-se quando, em 1947, ingressou na União Democrata Cristã (CDU) da sua cidade natal. Doutorou-se em Ciência Política e foi eleito deputado pela CDU em 1969, ascendendo ao lugar de presidente do partido em 1973. Quase uma década depois, em 1982, a CDU de Kohl, numa coligação formada com mais três partidos, venceu as eleições federais. Kohl tornou-se assim chanceler da República Federal da Alemanha, vindo a ser sucessivamente reeleito.
Os seus governos têm seguido uma política centrista, que inclui um certo esforço de contenção da despesa pública e um forte empenho da Alemanha nas atividades da NATO, onde se tem afirmado como o segundo país mais influente, logo a seguir aos Estados Unidos da América. A sua autoridade política reforçou o sucesso económico da Alemanha. Por outro lado, Kohl definiu como objetivos políticos de fundo a reunificação da Alemanha, que fora dividida depois da II Guerra Mundial, e a construção da União Europeia.
Assim, Helmut Kohl orientou o processo de integração República Democrática Alemã e da República Federal da Alemanha, que teve início em 1990. Teve o arrojo de assumir esse grande desígnio político, mas tem também tido que enfrentar as dificuldades sociais e económicas (a elevada taxa de desemprego, por exemplo) que o processo de integração acarretou. Ao mesmo tempo, é considerado um dos grandes arquitetos da União Europeia e uma das individualidades essenciais na tomada de decisões a este nível no Velho Continente.
Como referenciar: Helmut Kohl in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-02-21 11:22:52]. Disponível na Internet: