Herman José

Humorista, ator e apresentador de televisão, nasceu em 1954, em São Jorge de Arroios (Lisboa). De seu nome Hermann José Krippahl, completou o liceu na Escola Alemã de Lisboa, em 1974. Nesse mesmo ano, dá-se a sua estreia no teatro de revista, na peça Uma no Cravo outra na Ditadura. Tornou-se conhecido do grande público com Sr. Feliz e Sr. Contente (1975), um número musical feito de parceria com Nicolau Breyner. Em 1977, lançou o disco Saca o Saca Rolhas, e, no ano seguinte, decidiu sair da capital e percorrer o país com o seu espetáculo One Man Show. Em 1978, juntou-se a Raul Solnado e Rita Ribeiro no elenco da peça Felizardo e Companhia, Modas e Confeções . O seu primeiro grande êxito a solo deu-se com a interpretação da personagem Tony Silva, no programa da RTP Passeio dos Alegres (1981). Em 1982, foi disco de ouro com o tema Canção do Beijinho. É no mesmo ano que se estreia na rádio com o programa Rebéubéu Pardais ao Ninho. Escreveu, protagonizou e dirigiu os programas da RTP Tal Canal (1983), Hermanias (1985) e Humor de Perdição (1987), que foi suspenso pelo canal público após a transmissão de dez episódios, no que se tornou o primeiro caso de censura explícita após o 25 de abril, provocando uma discussão de três horas na Assembleia da República. O seu regresso à televisão portuguesa deu-se em 1989, com o programa Casino Royal. Em 1990, começou a apresentar o concurso Roda da Sorte e, entre 1992 e 1996, apresentou o programa Parabéns. Em 1994, deu-se a estreia de um concurso diário da sua autoria, Com a Verdade M'Enganas. Em 1997, fez, uma vez mais para a RTP, o programa Herman Enciclopédia, Herman 98, em 1998, e Herman 99, em 1999. Mudou-se para a estação de televisão SIC, onde se estreou com o programa HermanSIC, em 2000, e foi um dos protagonistas do filme televisivo O Lampião da Estrela (2000). Ao longo da sua carreira, tem recebido diversos prémios, entre os quais o Globo de Ouro para Melhor Animador de Televisão atribuído pela SIC, em 1996, e dois Globos de Ouro da SIC, em 1997, pelo programa Herman Total (uma antologia dos seus programas) e para Melhor Apresentador de Televisão. Em 1992, recebeu a Ordem de Mérito, atribuída pelo Presidente da República.
Como referenciar: Herman José in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-26 07:23:40]. Disponível na Internet: