Artigos de apoio

hexagrama
Estrela de seis pontas formada por dois triângulos equiláteros, dos quais um está com a ponta para cima e o outro invertido, o hexagrama constitui um dos símbolos mais universais em todo o Mundo, tendo pertencido às tradições centro-americanas, hindus e à simbologia hebraica, cristã e muçulmana.
Também conhecido por "Estrela de David" ou "Selo de Salomão", só muito recentemente ficou conectado internacionalmente como um símbolo do judaísmo. Os cabalistas judeus medievais terão eventualmente introduzido este símbolo por influência oriental embora haja uma tradição hebraica que tem o hexagrama como um dos símbolos inscritos na "Arca da Aliança". O hexagrama, como símbolo alquímico, tem o significado de álcool, a "água de fogo", dado que pelas suas características associava a junção dos dois elementos numa única substância. Os feiticeiros medievais acreditavam que o hexagrama era um símbolo protetor, como todos os desenhos de linhas entrelaçadas e sem intervalos ou interseções por onde pudessem entrar más influências. Estes símbolos eram desenhados no chão para delimitar uma zona protegida onde os rituais eram executados. Como o hexagrama clássico tem dois triângulos que, embora entrelaçados, não comunicam entre si, os feiticeiros inventaram o hexagrama mágico, formado por uma única linha ininterrupta que liga os seis pontos do hexagrama.
A tradição hindu vê neste símbolo, que nesta cultura tem o nome de Iantra, a representação da união de Cali e Xiva, na junção dos dois triângulos, a fusão do masculino e do feminino e consequentemente dos elementos fogo e água. O hexagrama foi assim associado à fecundidade e à criação primordial, a união dos princípios feminino e masculino que deram origem ao Universo. Nas culturas pré-colombianas da América Central, a estrela de seis pontas estava associada ao Sol e aos seus raios benéficos de vida.
Na China, o hexagrama corresponde a símbolos completamente diferentes da "estrela de seis pontas" e estão reunidos no Livro das Mutações, ou I Ching. O hexagrama chinês é composto por variações de seis traços que podem ser contínuos ou descontínuos, representando, respetivamente, o elemento masculino Yang ou o elemento feminino Yin.

Como referenciar: hexagrama in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-07-26 21:41:16]. Disponível na Internet: