hiato

O hiato é uma sequência de duas vogais contíguas que estão inseridas em sílabas diferentes. Os hiatos são por vezes marcados ortograficamente por um acento agudo (ex: <saí>, <saía>, <caía>), para distinguir de ditongos ou tritongos que pertençam a palavras homógrafas (ex: <sai>, <saia>, <caia>).
Deve distinguir-se o hiato em ortografia do hiato em fonética, visto que nem sempre correspondem. Por exemplo, em ortografia portuguesa convencionou-se que na palavra <água> há um hiato, que é responsável pelo número de sílabas da palavra (três sílabas: <á-gu-a>), o que justifica o acento agudo sobre a antepenúltima sílaba, extensível a todas as palavras esdrúxulas. Mas a realização fonética que os falantes fazem deste vocábulo mostra que estamos perante uma palavra não de três mas de duas sílabas (ex: <á-gua>), uma vez que todos realizam o ditongo em vez do hiato. Esta sensibilidade fonética foi, porém, sentida nas convenções ortográficas do castelhano que não consideram que em <agua> exista um hiato, mas sim um tritongo e logo duas sílabas apenas.
Muitas vezes é ténue a fronteira entre o hiato e o ditongo, sobretudo em algumas articulações dialetais ou estilísticas de palavras como em <rio>, produzido com hiato nos dialetos do norte de Portugal - ['Riu] e com ditongo na variedade de Lisboa - ['Riw].
Como referenciar: hiato in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-10 05:26:13]. Disponível na Internet: