hipótese de Sapir e Whorf

Tese formulada no anos 20 do século XX pelos antropólogos Edward Sapir (1884-1939) e Benjamin Lee Whorf (1897-1941). Ao estudar as línguas indígenas da América do Norte chegaram à conclusão que a língua não é "um instrumento de comunicação", como afirma a linguística estruturalista, mas é um fator decisivo na formação da visão do mundo. O "mundo real" é construído, de maneira inconsciente, através dos padrões linguísticos do grupo humano a que se pertence. Ideias parecidas apresentava, no século XIX, Wilhelm von Humboldt.
Como referenciar: hipótese de Sapir e Whorf in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-15 02:53:01]. Disponível na Internet: