IBM PC

Lançado a 12 de agosto de 1981, o IBM Personal Computer, ou IBM PC, foi desenvolvido ao longo de um ano por uma equipa de 12 engenheiros e projetistas da IBM, reunida para o efeito na localidade de Boca Raton, no estado da Florida, Estados Unidos da América.
O termo "Personal Computer", ou computador pessoal, já havia sido utilizado com frequência antes dessa data para designar outros computadores, em especial o "Alto" da Xerox, mas foi com o sucesso atingido por este modelo da IBM que se popularizou.
De facto, desde então e até aos dias de hoje, a designação PC é ainda comummente utilizada para designar os computadores descendentes do tipo de arquitetura então empregue pela IBM - mais, até ao final dos anos 1990, era frequente encontrar-se a expressão "IBM PC Compatible", utilizada pelos chamados "clones", computadores com uma plataforma de hardware genericamente similar à dos IBM PC, mas produzidos por outras empresas. Foi em meados de 1980 que a IBM tomou a decisão de desenvolver uma máquina nova, que fosse de encontro ao crescente interesse que via surgir na população em geral por aparelhos desse tipo. Embora se encontrasse então a comercializar um outro modelo, o IBM 5100, este não parecia responder de forma eficaz aos apelos do crescente mercado para computadores pessoais, sobretudo pelo elevado preço a que era comercializado.
Decidiu então formar uma equipa que, liderada pelo engenheiro Philip D. Estridge, teria toda a liberdade para projetar um novo sistema, que pudesse ser mais acessível e como tal mais atraente ao mercado.
Para o efeito, optou por recorrer a abordagens bem diferentes daquelas que até então haviam sido política da empresa: serviu-se de componentes de hardware já existentes no mercado, produzidos por terceiros, ao invés de desenvolverem as suas próprias peças; optou pelo desenvolvimento de um modelo único, estandardizado, e de arquitetura aberta, dando-lhe assim a possibilidade de receber novos componentes, ainda que originários de outros fabricantes.
Por último, e a partir do seu lançamento, empregou canais de marketing e vendas externos, e assim, em 1981, conseguiu mais facilmente lançar o novo modelo com maior rapidez e eficácia.
O projeto, a que a IBM atribuiu o nome de código "Projeto Xadrez", tomou forma, e culminou com o lançamento, em 1981, do IBM 5150 - que se tornou conhecido por IBM PC.
O modelo original estava equipado com um processador Intel 8088 a 4.77 MHz, vendido em duas configurações alternativas, uma com 16 kB de memória RAM pré instalada e outra com 64 kB - ambas expansíveis até um máximo de 256 kB.
Não possuía qualquer disco rígido, pelo que o armazenamento dos dados era feito com recurso a cassetes, sendo vendida como acessório opcional uma unidade de disquetes.
Compreendia ainda uma placa de vídeo CGA, que permitia a ligação a um aparelho de televisão comum ou a um monitor vendido como acessório opcional.

Como referenciar: IBM PC in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-14 11:09:23]. Disponível na Internet: