Iggy Pop

Cantor norte-americano, de nome verdadeiro James Newell Osterberg, nasceu a 21 de abril de 1947, em Muskegon, Michigan.
Em meados dos anos 60 formou uma banda na escola, os Iguanas, onde tocou bateria. No final da década foi líder dos Stooges, grupo proto-punk, que gravou: The Stooges (1969) e Funhouse (1969). Apesar de ambos os discos não terem tido vendas relevantes, acabaram por tornar-se, mais tarde, em clássicos, precursores do estilo punk. O grupo foi abandonado pela editora, em parte devido ao desinteresse do público em geral, mas também devido aos problemas com as drogas, nomeadamente do próprio Iggy Pop. Estes problemas levaram à primeira dissolução do grupo. Apenas David Bowie, convicto fã dos Stooges, convenceu Iggy a retomar a sua carreira. A banda reagrupa-se e assina com a Columbia Records. Editam o explosivo Raw Power (1973), com produção de David Bowie. No ano seguinte, com o regresso da adição às drogas, a banda termina definitivamente. São deste período temas como "I Wanna Be Your Dog", "No Fun", "1969", "Down The Streets", "TV Eye", "Dirt" e "Raw Power".
A carreira de Iggy é de novo relançada por David Bowie, após o internamento num hospital psiquiátrico. Bowie convida-o para fazer o suporte da digressão de apoio ao disco Station To Station. A ligação entre os dois resultou tão bem que David Bowie ajudou a que Iggy conseguisse um acordo com a Virgin, para a edição de um disco a solo.
Iniciou carreira a solo em 1977, com dois álbuns produzidos por David Bowie, The Idiot e Lust For Life. The Idiot incluiu a versão otiginal de "China Girl" e "Funtime". Em Lust For Life podem encontrar-se o tema-título e o clássico "The Passenger".
A sua carreira a solo manteve o espírito duro e agressivo característico do período Stooges, sem deixar de tocar esporadicamente os domínios da pop. Os discos venderam mais do que qualquer dos trabalhos dos Stooges. Bowie juntou-se à comitiva de Iggy Pop, como teclista, na sua digressão mundial.
Seguiram-se os trabalhos TV Eye Live (1978), um registo da digressão referida, cuja edição coincidiu com o termo da colaboração com Bowie, New Values (1979), já pela Arista, que incluiu o tema-título, "Girls" e "I'm Bored", um disco considerado confuso e inconsistente, Soldier (1980), Party (1981), incluiu "Bang Bang" e "Pumpin' For Jill" e Zombie Birdhouse (1982). Em 1982, edita também a sua autobiografia, de título I Need More, um livro fascinante sobre os excessos do rock'n'roll, desde os seus primeiros dias.
Depois de um hiato devido aos vícios antigos, Iggy regressou em 1986 com Blah-Blah-Blah (1986), produzido por David Bowie, que atingiu a verdadeira notoriedade comercial. São deste álbum os êxitos "Real Wild Child", o seu primeiro single de sucesso no mercado americano, uma versão de Billy Idol, e "Cry For Love".
Seguiram-se Instinct (1989), um registo de aproximação ao hard rock/heavy metal, na companhia de Steve Jones, guitarrista dos Sex Pistols, e Brick By Brick (1990), o trabalho mais feliz do ponto de vista comercial. Um dueto com Kate Pierson dos B52's em "Candy" e "Home" foram os melhores momentos do álbum.
Os álbuns seguintes foram American Caesar (1993), Naughty Little Doggie (1996), Nude & Rude - The Best of Iggy Pop (1997) e Avenue B (1999), o mais introspetivo dos seus trabalhos, incluiundo temas como "Avenue B", "Corruption", "Long Distance" e "Felt The Luxury".
Atuou em Portugal a 16 de julho de 1999, no Festival Ilha do Ermal, em Vieira do Minho.
Outros artistas que tocaram as suas canções foram Sex Pistols ("No Fun", 1977), David Bowie ("China Girl", 1981), Siouxsie & the Banshees ("The Passenger", 1987), Peter Murphy ("Fun Time", 1988), Guns N' Roses ("Raw Power", 1993), INXS, Red Hot Chili Peppers, Duran Duran, entre outros.
Iggy Pop desenvolveu também carreira como ator. Interpretou pequenos papéis em dois episódios da série televisiva Miami Vice (1984), nos filmes The Color of Money (A Cor do Dinheiro, 1986) e Sid & Nancy (1986). Aparições mais consistentes surgiram em Cry Baby (1990), Atolladero (1995), The Crow: City of Angels (Corvo: Cidade dos Anjos, 1996) e Snow Day (2000), entre outros.
O tema "Lust For Life" fez parte da banda sonora do filme Trainspotting (1996).
Em 2001, edita Beat 'Em Up, rebuscando a fórmula dos Stooges, especialmente presente no single "Mask".
O ano de 2003 marcou a reunião dos Stooges para uma digressão curta mas conflituosa e a colaboração dos irmãos Asheton nos temas do álbum Skull Ring, que marcou o regresso de Iggy Pop, dois anos depois da última gravação de estúdio.
Como referenciar: Porto Editora – Iggy Pop na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-16 20:28:26]. Disponível em